Resenha: O Carvalho Falante, de George Sand

Em O Carvalho falante (George Sand, Editora Autêntica, 2014), conhecemos Emmi, um menino de dez anos que cuida dos porcos, levando a vara para pastar na floresta. Acontece que o garoto detesta esse trabalho e é infeliz por ser pobre. Um dia, na floresta, ele bate com seu cajado no focinho de um porco. Quando o sangue começa a escorrer pelo nariz, o porco se revolta juntamente com os outros e tenta atacar Emmi, que se refugia nos galhos do Carvalho. Os porcos desistem do ataque e voltam para casa sozinhos, o que deixa sua família zangada, achando que ele apenas fugiu para não cuidar dos porcos.

Amazon: Livro

 

As pessoas sentem medo do Carvalho Falante por conta de uma lenda muito antiga. Mas Emmi passa a noite no grande carvalho, que à noite diz: “Saia, saia daqui!”, mas o menino implora para ficar ali e a árvore nada mais diz.

No dia seguinte, tenta voltar e pedir à tia outro trabalho, mas ouve, escondido, que queriam dar um jeito nele caso aparecesse, então ele pega suas coisas e foge dali e volta para a floresta. Faz sua cama no carvalho, sabe como conseguir comida por lá, então se vira muito bem.

Até que uma mendiga aparece e o convence a ir com ela. Ela mostra sua vida, sua forma de viver e o menino sente repulsa. Com isso diversos problemas surgem e Emmi precisa se livrar deles.

Assim como História do verdadeiro Simplício, em O Carvalho falante Sand também faz homenagem à Natureza, tão presente e sábia, e à sabedoria das pessoas. Mostra que não se deve tratar mal as pessoas (apenas porque são crianças) ou confiar em todos (apenas porque se mostram pessoas simples), mas também há sempre pessoas boas no caminho se não nos fechamos a elas.

Um livro ricamente ilustrado por Rogério Borges e indicado para todas as idades. George Sand era o pseudônimo de Amandine Aurore Lucile Dupin (1804-1876), que escreveu grandes histórias para crianças e adultos.

___

Compre na Amazon:

O Carvalho falante, George Sand

História do verdadeiro Simplício, George Sand

Comprando através dos nossos links você ajuda a manter o Beco do Nunca.

___

Contatos:

Facebook | Instagram |  Twitter

Heidi Gisele Borges

Autora dos livros juvenis "O menino que perdeu a magia", "Um segredo de Natal" e "Histórias de Fantasia", pela Editora Estronho, e de diversos contos de horror. Escreve contos de terror para o Medocast, da Ola Podcasts. É revisora, viciada em livros e em dormir. É mãe do gato Anakin.